Detalhes do imóvel



FAZENDA EM ITABERABA - BAHIA

Classificação: Venda
Tipo de imóvel: FAZENDAS
Cidade: Itaberaba
Quartos: ZONA RURAL

Descrição Geral

Município –  Itaberaba – Bahia – Região Nordeste do Brasil;

Área – 242 hectares – 554,18 tarefas ou 2.420.000 m2

Adequação -  Pecuária de Corte com aptidão para cria, recria e/ou engorda de Bovinos; Criação e Seleção de Caprinos e Ovinos, Criação e Seleção de Bovinos e Equinos; PRODUÇÃO DE ABACAXI; Energia Eólica e/ou Solar, Loteamento Rural, Turismo, dentre outras possibilidades;

Acessos:

Saindo de Salvador até chegar à sede são 250 Km (247 Km em asfalto + 3 Km em terra). Da entrada para a fazenda até a cidade de Itaberaba são 23 quilômetros em asfalto.

Na segunda alternativa, toma-se a BA052 (Estrada do Feijão) segue-se até a cidade de Ipirá, onde se pega a BA-233 (Ipirá-Itaberaba), nela percorrendo 56 Km, até o povoado Alto Vermelho. No total, saindo de Salvador até chegar à sede são 268 Km (260 Km em asfalto + 8 Km em terra).

Coordenadas Geográficas – 19º 29’ 42,8” S / 40º 05’ 6,10” W

COBERTURA VEGETAL :

Fazenda situada em ecossistema de Caatinga com partes formadas com pastagens, predominando as gramíneas forrageiras das espécies  Buffel Grass (Cenchrus ciliares) e Urucrôa (Urochloa mosambicensis).   A área de pastagens representa aproximadamente  60 % da fazenda, demais áreas estão ocupados com Matas e Capoeira, esta, possui gramíneas entremeadas e são utilizadas para pastoreio,  20% mantidos como Reserva Legal do Imóvel.

BENFEITORIAS E EDIFICAÇÕES:

Casa sede, duas salas, quatro quartos sendo uma suíte, cozinha, banheiro social, avarandada na frente a mais uma varanda menor ao fundo, servida com água encanada e luz elétrica;

Casa do empregado com duas salas, três quartos, cozinha, banheiro, um depósito grande e outro pequeno, varanda na frente, servida com água encanada e luz elétrica;

Dois apriscos para caprinos/ovinos, cobertos e ripados, um com 200m2 e outro com 100m2, este último agregado a um depósito. Todos com luz elétrica;

Curral de ripão de tamanho médio com divisões e embarcadouro;

Grande represa na frente da casa compondo um cenário aprazível.

Poço tubular de água com baixa salinidade, com 102 metros de profundidade e 3.600 litros/hora de vazão;

Energia elétrica (220V) nas casas e nos apriscos podendo ser expandida para poutros pontos do imóvel;

09 divisões pastos, todos servidos com aguadas, 05 de capim predominando o forrageira Buffel grass (Cenchrus ciliaris); 02 mistos, sendo 02 divisões de Caatinga onde é utilizado para pastoreio em regime de solta no período das chuvas.

Capineira de meia tarefa, irrigada, para fenação.

Fazenda toda cercada com oito fios de arame;

TIPOLOGIA AMBIENTAL :

Altitude – 222 m;

Ecossistema –  O município está inserido no domínio morfoclimático do semiárido brasileiro, com temperatura média anual de 29 °C, sendo os meses de junho, julho e agosto os mais frios;

Índice pluviométrico   800 mm / ano.

Recursos hídricos   01 represa grande nas imediações da sede, várias aguadas, Poço Tubular com vazão de 3,6 m3/h com água de qualidade para desendetação animal, vários lajedos que acumulam água de chuva e formam caldeirões de água que permanecem por um bom período;

Solos   ARGISSOLO VERMELHO-AMARELO EUTRÓFICO – são solos constituídos por material mineral, apresentando horizonte B textural, com saturação por bases alta (V³50%). Estes solos se apresentam na área em relevo plano, suavemente ondulado, forte ondulado e montanhoso. A utilização desses solos para agricultura pode sofrer restrições em função do caráter que ele apresentar, nas classes de relevo, da ocorrência de fase pedregosa e das condições climáticas da região (RADAMBRASIL, 1981). Terra fértil, de boa qualidade.

Caracterização Fisiográfica - Os aspectos climáticos conjugados aos fatores geográficos locais e regionais produzem um clima semi-árido cuja temperatura média anual é de 23.9C, com amplitude térmica anual média de 9.5o C, apresenta uma pluviosidade extremamente irregular com precipitações mal distribuídas durante o ano (mín.152mm, máx.1494mm, média 744mm), havendo, entretanto, uma concentração pluviométrica nos meses que seguem o solstício de verão no Hemisfério Sul. Concomitantemente a esse processo temos nos meses seguintes um período de longa estiagem caracterizando a área com risco de seca elevada.(CEI, 1994);

Temperatura média – 23,9º C;

Topografia   Plana com ocorrência de rochas granítica-gnaíssicas, compondo as feições características do domínio morfoclimático do Semi-árido brasileiro em áreas do Pediplano Sertanejo oriundo de aplainamento, cuja gênese está relacionado às oscilações climáticas do Plio-Pleistoceno (RADAMBRASIL, 1981);

Documentação:

Escritura pública registrada em CRI competente;

ITR;

CEFIR;

PREÇOS:

Preço Total –  R$ 968.000,00 (novecentos e sessenta e oito mil reais);

Preços por Unidade de Medida Agrária:

R$ 4.000,00 / hectare;

R$ 1.746,00 / tarefa;

R$ 76.855,00 / alqueire; 

R$ 0,40 / m2;

Preço do Hectare em Dóllar:

U$ 985,22 / ha;  

Preço do Hectare em Euro:

€$ 881,00 / ha;

Cotações:

  U$1,00 = R$ 4,06 em 06/01/2020

  €$ 1,00 = R$ 4,54 em 06/01/2020

Nos arredores

ITABERABA VEM SE DESTACANDO PELA PRODUÇÃO DE ABACAXI DE ALTA QUALIDADE

Aspectos edafo-climáticos DE ÁREAS PRODUTORAS DE ABACAXI

As principais regiões produtoras de abacaxi no mundo se localizam em sua maioria, na zona intertropical da Terra, compreendendo a latitudes de 0 a 25º no Hemisfério Norte e Sul, tendo o clima e o solo se constituindo como os principais fatores para o desenvolvimento do abacaxizeiro em plantio comercial ou doméstico. A pluviosidade média anual para a produção de abacaxi no mundo pode atingir índices variando de 575 a 3215 mm/ anuais.

O solo de boa qualidade para produção do abacaxi é aquele que pode eliminar rapidamente o excesso de água e renovar a sua atmosfera. Assim, a permeabilidade é a principal característica favorável do solo, sendo que a morfologia das raízes depende muito das características físicas do solo (aqui entendido enquanto um organismo vivo, dinâmico e em contínua evolução) posto que, o abacaxizeiro tem um sistema radicular muito superficial e frágil onde as maiorias das raízes estão nos primeiros 25 a 35 cm do solo, na região tropical o que limita o cultivo é a falta de permeabilidade do solo, pois, esta controla o movimento de água no terreno (EMBRAPA, 1999b).

Características

Aprisco Área Agrícola Bebedouro Capoeira
Casa de Administrador Casa de Vaqueiro Casa Sede Cercas
Curral Ripão Depósito Divisões Galpão
Lagoa Matas Piquetes Represa
Reservatório Saleiros Tanque Banheiro
Quintal Varanda Área Verde

Preços

Para informações sobre preços por favor consulte.

Observações gerais

A fazenda tem valor histórico: está nela um conjunto de três montanhas rochosas, próximas umas às outras, a principal delas conhecida como Pedra Itibiraba, com 300 metros de altura, que dá nome à cidade de Itaberaba, maior centro urbano da região, conhecida como Portal da Chapada Diamantina. Em uma das outras duas montanhas há uma gruta com gravuras pré-históricas. É, portanto, ideal para empreendimentos turísticos. Distante apenas 136 quilômetros da cidade de Lençois, tombada pelo Patrimônio Histórico, servida por um aeroporto com vôos regulares e considerada pelo Guia 4 Rodas como um dos 10 melhores destinos turísticos do Brasil (cerca de 150 mil turistas, anualmente). Por estar a apenas 23 quilômetros de Itaberaba, adequa-se também a um projeto de condomínio de casas de campo, com aproveitamento da casa-sede, dos apriscos e da represa em frente a eles como área coletiva de lazer.

 

Whatsapp: (71) 9195-6620

Fazer contato sobre este imóvel

País:
Comentários:
(até 200 caracteres)


Cód. do imóvel: 303

Acessos a este imóvel : 259

Clique para ampliar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Botão whatsapp