Detalhes do imóvel



EXCELENTE FAZENDA EM ANGUERA - BAHIA

Classificação: Venda
Tipo de imóvel: FAZENDAS
Cidade: Anguera
Quartos: outros

Descrição Geral

Município –  Anguera – Micro Região de Feira de Santana - Bahia – Região Nordeste do Brasil;

Área – 314,40 hectares – 720 tarefas ou 3.144.000 m2

Adequação -  Pecuária de Corte com aptidão especial para terminação de Bovinos; ou Pecuária de Leite; Criação e Seleção de Ovinos, Caprinos, Equinos; Produção de Feno, Forragens, Parcelamento da Área dentre outras possibilidades;

Acesso – Via Estrada do Feijão (BA 052), situada a 05 km de Anguera;  dista 42 km de Feira de Santana e 150 km de Salvador;

Coordenadas Geográficas na Sede: S 12º 06.602´/ W 39º 15.918´

COBERTURA VEGETAL :

Fazenda formada com pastagens, predominando os Capins Pangola e Green Panic, ocorrendo também o Estrela Africano, Buffel Grass, Urucrôa e Grama de Europa. Esta área de pastagem representa  95 % da fazenda e encontram-se em ótimo estado de conservação, estão limpas e bem formadas; os 05% restantes estão ocupados com Matas e Capoeira, sendo que em parte da capoeira há capim entremeado e são utilizados para pastoreio.

BENFEITORIAS E EDIFICAÇÕES:

Fazenda toda cercada externamente, com 14 divisões internas com cercas em ótimo estado de conservação, curral de ripão grande todo em Aroeira, com divisões, área coberta, brete de contenção, Balanção Texas de 10 t, embarcadouro, um Curral para Ovinos com brete, separador e divisões; Estrutura para Confinamento de Ovinos com capacidade para 1.000 animais; depósitos, casas de administrador, casa de vaqueiros, casa de  Trabalhador;

Casa Sede aprazível toda em Madeira de Lei com 500 m2, avarandada, com 5/4 sendo 2 suítes, copa, cozinha, área de serviço,  reservatório d´água com captação pluvial,  jardim, energia elétrica e água encanada;.

TIPOLOGIA AMBIENTAL :

Coordenadas na sede – S 12º 12.708´ W 39º 19.318´

Altitude – 211 m acima do nível do mar;

Ecossistema – Caatinga Alta com ocorrência de madeira de lei;

Índice pluviométrico –  800- 950 mm / ano.

Recursos hídricos –  01 riacho corta a fazenda em longa extensão (aprox.. 2,5 km), 16 aguadas, 01 barragem de cimento, 01 Poço Tubular com vazão de 07 m3/h, 01 reservatório com capacidade de 200 m3 interligado a 09 bebedouros por gravidade, destes há 3 com reservatórios de 5 m3 em cada, 2 minações ;

Solos –  Massapê preto e Podzóloco ;

Temperatura média – 24,3º C;

Topografia –  Plana com áreas suavemente onduladas, com ocorrência de baixadas férteis ao longo do riacho que corta a propriedade numa extensão de 2,5 km. A fazenda fica ao pé de uma serra, cuja divisa se estende até o divisor de água desta, porém, a parte elevada representa apenas 5 % da superfície do imóvel.

Documentação – Há 02 Escrituras públicas registrada em CRI competente, livres de ônus e gravames;

Preço – R$ 4.500.000,00 (Qjuatro milhões e quinhentos mil reais);  

R$ 14.312,15/ha -    R$ 6.250,00/tarefa;

U$ 3.533,95 / ha;  

€$ 3.159,00 / ha;

Cotações:

  U$1,00 = R$ 4,05 em 23/05/2019

  €$ 1,00 = R$ 4,53 em 23/05/2019

Descrição dos quartos

Anguera é um município brasileiro do estado da Bahia pertencente à Área de Expansão Metropolitana de Feira de Santana. Sua população é de 10 248 habitantes.

O município foi desmembrado de Feira de Santana, em 1961.

Nos arredores

História 

A região era primitivamente habitada pelos índios paiaiás.
O território integrava a sesmaria concedida ao sertanista João Peixoto Viegas, pelo Governador Geral do Brasil, Dom Jerônimo de Ataíde, em 1655.
Em 1855, o capitão José Marques de Oliveira Lima edificou uma escola pública e uma igreja em sua fazenda ?Almas?. Formou-se o povoado com esse mesmo nome, tornando-se pouso obrigatório de tropeiros em trânsito para o porto de Cachoeira. Desenvolveu-se em função da cultura de fumo e da criação de gado.
Elevado à categoria de vila em 1890, teve o nome mudado para Anguera.
Na década de 1970, a construção da Rodovia BA-052, também conhecida por ?Estrada do Feijão?, impulsionou o desenvolvimento do município.
O topônimo de origem tupi significa alma penada.

Vídeos

Características

Adutora Aprisco Baias Cavalo Balança
Bebedouro Casa de Administrador Casa de Vaqueiro Casa Sede
Cercas Telefone Celular Confinamento Curral Ripão
Depósito Divisões Estábulo Emborcadouro
Energia Galpão Galinheiro Instalações para Leite
Lagoa Matas Minação Piquetes
Poço Tubular Represa Reservatório Riacho
Saleiros Tanque Tronco Armário na Cozinha
Armários nos Banheiros Armários nos Quartos Banheiro Dependência
Jardim Quintal Varanda Telefone
Área Verde Casa de Colono

Preços

R$ 4.500.000,00

Observações gerais

Informações Técnicas Geomorfológicas 
 
 
A geologia apresenta rochas do embasamento cristalino, integrando o Bloco Jequié (datado do Arqueano), com predomínio de charnoquitos, hornblenda-granulitos, leptitos e anfibolitos (INDA E BARBOSA, 1978 e BARBOSA E DOMINGUEZ, 1996).
 
No que se refere à hidrografia, a drenagem local faz parte da Bacia do Rio Jacuípe, que escoa para a Bacia do Rio Paraguaçu, que faz parte da Bacia Itapicuru, da Região Hidrográfica do Atlântico Leste (MMA/SRH, 2006). Verifica-se, a partir da Folha Santo Estevão (SUDENE, 1977, escala 1:100.000) e dados de campo, que a drenagem principal é composta pelo Ribeirão do Cavaco, que é intermitente, o mesmo nasce entre as serras da Caboranga e Itaquari, no município de Anguera, e deságua no Rio Jacuípe. Os riachos secundários e também intermitentes são o Riacho da Mussuca e do Cabano. Além desses, existem ainda vários canais de drenagem que funcionam como tributários do Ribeirão do Cavaco e dos referidos riachos.
 
Quanto ao clima, não existem dados referentes à localidade estudada. Porém, do ponto de vista regional, o clima de Feira de Santana se caracteriza como sub-úmido (Am) (conforme a classificação de Koppen) a semi-árido (Dd’A’) (classificação de Thorntwaite & Mather), segundo Pitiá (2004).
 
Com base no Projeto Radambrasil (1981), a cobertura vegetal é caracterizada como Floresta Estacional Decidual e encontra-se numa área de tensão ecológica com contato estepe (caatinga) – floresta estacional, sendo que essa cobertura está praticamente substituída por agropecuária e pastagem. Em referências recentes, como o mapa dos biomas brasileiros (EMBRAPA, 2007), Bonfim de Feira está inserido no domínio de Caatinga.
 
Quanto ao clima local, observa-se que apresenta características de semi-árido, com duas estações definidas: um período chuvoso nos meses de fevereiro, maio, junho, julho, agosto e novembro, com nuvens carregadas e temperatura fisiológica agradável em torno de 23 e 25º C; e período seco nos outros meses notando-se céu aberto, sol escaldante e temperatura entre 31 e 34,5° C, medida no termômetro do anemômetro, o
qual foi utilizado em campo, e também informações adquiridas na Estação Climatológica da UEFS (83221-INMET/DTEC).
 
 

Consulte - nos

e-mail - massape@creci.org.br

Whatsapp: (71) 9195-6620

Fazer contato sobre este imóvel

País:
Comentários:
(até 200 caracteres)


Cód. do imóvel: 258

Acessos a este imóvel : 5192

Clique para ampliar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Clique para visualizar

Botão whatsapp